Novos equipamentos em escolas técnicas agrícolas vão ajudar formação profissional

Clima propício e novas cultivares incentivam plantio de trigo em regiões do Estado
5 de julho de 2021
INSCRIÇÕES PARA O CONGRESSO DA AVIAÇÃO AGRÍCOLA
12 de julho de 2021

Novos equipamentos em escolas técnicas agrícolas vão ajudar formação profissional

Para o Sintargs, máquinas e implementos oriundos de recurso de R$ 30 milhões vão contribuir com a valorização do ensino técnico

A chegada das máquinas e implementos agrícolas nas escolas técnicas gaúchas após a entrega oficial realizada ainda em maio vai fortalecer a qualificação profissional e valorizar o ensino técnico no Rio Grande do Sul. A avaliação é do presidente do Sindicato dos Técnicos Agrícolas no Estado do Rio Grande do Sul (Sintargs), Luís André Sasso.

As entregas dos tratores, por exemplo, estão sendo realizadas com um cronograma técnico para a utilização destes equipamentos. Para o dirigente, este é um momento muito importante para o ensino profissional no Rio Grande do Sul, em especial para as escolas técnicas agrícolas. “São 27 escolas com mais de 5 mil alunos que já estão recebendo equipamentos e implementos agrícolas que vêm a contribuir muito com a educação e a efetivação da valorização do nosso ensino profissional”, destaca.

Sasso lembra que outros equipamentos também serão entregues nos próximos meses para agregar às estruturas das escolas técnicas agrícolas. Estes, de acordo com o presidente do Sintargs, serão fundamentais para a formação dos futuros profissionais da categoria. “Nos sentimos felizes que todo um trabalho desenvolvido está sendo efetivado e que o objetivo maior é dar maior qualidade de ensino aos nossos alunos e fazer com que no futuro entre no mercado de trabalho um profissional qualificado e capacitado para atender este mercado exigente que é o da produção”, observa.

A verba de R$ 30 milhões destinada pela Bancada Federal Gaúcha foi aprovada em 2018 após o trabalho realizado pelo Sintargs em parceria com outras entidades do setor do ensino agrícola.

Os comentários estão encerrados.