SINTARGS e SIPARGS firmam Convenção Coletiva de Trabalho para Técnicos Agrícolas empregados do segmento avícola

Live debate papel dos técnicos agrícolas em exposições e feiras
30 de agosto de 2021
Live destaca a presença do técnico agrícola em todas as etapas da cadeia produtiva
2 de setembro de 2021

SINTARGS e SIPARGS firmam Convenção Coletiva de Trabalho para Técnicos Agrícolas empregados do segmento avícola

Após diversas rodadas de negociação, o Sindicato dos Técnicos Agrícolas do Estado do Rio Grande do Sul – SINTARGS e o Sindicado das Indústrias de Produção Avícola do Estado do Rio Grande do Sul – SIPARGS firmaram Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) para todos os empregados técnicos agrícolas do setor avícola no Estado, para o período 2021-2022.

As negociações, por parte do Sintargs, foram conduzidas pela Diretoria das Relações de Trabalho e pela Assessoria Jurídica da Entidade, com base na pauta de reivindicações deliberadas pela categoria. Ficou convencionado o reajuste com reposição um pouco acima do INCP-IBGE do período, em 9%, e manutenção das demais cláusulas já estabelecidas.

Para o Diretor das Relações de Trabalho do Sintargs, Marcelo Dalcin Carvalho, os resultados das negociações com o segmento avícola foi positivo. Para Dalcin, “considerando o atual cenário que enfrentamos de pandemia e instabilidades econômicas e políticas, associadas às incertezas futuras, celebramos a reposição do INPC do período em todas as cláusulas econômicas e manutenção de todas as cláusulas sociais vigentes”. Para demonstrar os bons resultados da negociação, Dalcin utiliza dados recentes do Boletim de Negociações do DIEESE, em que cerca de 60% das negociações coletivas da data-base maio de 2021 tiveram resultados inferiores à inflação medida pelo INPC-IBGE.

Para Dirceu José Boniatti, assessor jurídico do Sintargs, o destaque da Convenção firmada se dá pela importância da segurança jurídica na relação de trabalho entre o profissional técnico agrícola e a empresa empregadora, “com o advento da reforma trabalhista, torna-se cada vez mais importante que se estabeleçam regras em Acordos e Convenções Coletivas, com garantias, deveres e direitos visando a segurança tanto dos técnicos agrícolas quando das empresas”, diz Boniatti.

A Convenção Coletiva de Trabalho entre Sintargs e Sipargs encontra-se devidamente registrada no Ministério do Trabalho e pode ser acessada na íntegra através do link: ACESSE AQUI!

Já o Presidente do Sintargs, Luís André de Araújo Sasso, destaca o papel do Sintargs na defesa e garantia dos direitos e na busca constante por melhores condições de trabalho para todos os colegas técnicos agrícolas. “Convido a todos técnicos agrícolas que conheçam e se aproximem da nossa entidade de representação e aqueles que ainda não são filiados, que se filiem e tragam suas contribuições e participem na busca coletiva e cotidiana do Sintargs em defesa dos técnicos agrícolas em nosso Estado”, finaliza Sasso.

Os comentários estão encerrados.